Novidade!

NA HORA H

Chegou a hora do exame, e agora? Para a maioria das pessoas o nervosismo é a principal barreira na hora de fazer um exame de aptidã...

sexta-feira, 31 de março de 2017

NOVOS VALORES DAS MULTAS




Desde novembro do ano passado ficou mais caro cometer infrações de trânsito. Até que demorou porque desde que a UFIR foi extinta no ano 2000, as multas não tinham seus valores reajustados.

É claro que ninguém gosta de ser autuado mas infelizmente muita gente só se esforça para cumprir as regras quando pesa no bolso.

A infração LEVE custa agora R$ 88, como por exemplo buzinar em local proibido;
A infração MÉDIA foi para R$ 130, é o preço de parar em cima da faixa de pedestres;
A infração GRAVE agora é R$ 195, por deixar de usar o cinto de segurança; e
A infração GRAVÍSSIMA fica por R$ 293, a mais comum é a invasão de sinal.

Em alguns casos a infração gravíssima é considerada agravada e pode ter seu valor multiplicado por até 60x, chegando a 17.608, quem deliberadamente organizar eventos que perturbem a livre circulação dos demais veículos pode tomar essa cacetada.

A multa para quem dirigir segurando o celular passou a ser gravíssima e agora custa R$ 293, 

Dirigir embriagado agora custa R$ 2.934, e pode chegar até a R$ 5.869, se o condutor for reincidente em menos de 1 ano. As mesmas penalidades valem para quem se recusar a usar o bafômetro.

Outra novidade é que se o infrator optar por receber a notificação eletronicamente e não apresentar recurso, reconhecendo o cometimento da infração, terá direito a um desconto de 40% no pagamento da multa.

O prazo mínimo de suspensão para quem atingir os 20 pontos também aumentou, agora é de 6 meses.

De nada adianta uma legislação rigorosa apenas no papel, as fiscalizações devem acontecer e os infratores devem ser autuados pois o mais importante é evitar acidentes e preservar vidas.

Precisamos ter mais cuidado no trânsito.






sexta-feira, 15 de abril de 2016

Programa Observar: Estresse



Dentre as condições adversas estudadas pela Direção Defensiva, sem dúvida a mais importante é a do condutor. Mais por que?

Um condutor em boas condições físicas e psicológicas consegue se adaptar bem a todas as outras condições adversas do trânsito, mantendo-se sempre em segurança.

Mas se o condutor estiver cansado, com sono, embriagado ou estressado, ele se transforma num alto risco para o trânsito.

Assista ao vídeo sobre estresse, é muito bom.




domingo, 10 de abril de 2016

BAND SALVADOR - Aumenta o número de acidente com motos!


A frota de motocicletas vem aumentando muito no Brasil, e infelizmente os acidentes e mortes envolvendo motociclistas estão crescendo na mesma proporção.

É muito importante que os motociclistas entendam que a motocicleta é um veículo muito mais vulnerável no trânsito, que a segurança que ela proporciona é mínima, por isso ela deve ser conduzida com mais atenção, com velocidade compatível com a segurança, e usando sempre um capacete de boa qualidade.


sábado, 9 de abril de 2016

Veja a importância do cinto de segurança no banco traseiro



Todos devem usar o cinto de segurança, inclusive os ocupantes do banco traseiro.

Quem está no banco traseiro sem cinto de segurança, não só pode sofrer inúmeras lesões graves como pode até matar o ocupante do banco da frente!

Pensem nisso!


Matéria do fantástico sobre violência no trânsito